PREVISC: Administradora de planos de previdência, fundada pelo Sistema FIESC
PREVISC: Administradora de planos de previdência, fundada pelo Sistema FIESC
Aposentadoria privada: como funciona e porque você precisa dela2021-01-11 13:53:34
previsc-aposentadoria-privada

Investir é uma alternativa sempre necessária quando falamos de prosperidade financeira. Quem investe seus recursos tem maior possibilidade de conseguir estabilidade financeira, pois o principal objetivo do investimento é aumentar a quantidade de recursos financeiros. Existem vários tipos de investimentos e um deles é a aposentadoria privada (mais comumente chamada de previdência privada).

Contudo, apesar da importância da aposentadoria privada, poucos são os que realmente compreendem esse investimento. O que é? Como funciona? Como dar o primeiro passo para se inserir nesse tipo de investimento? Para sanar essas e outras dúvidas, continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o assunto!

O que é a aposentadoria privada?

A previdência privada é uma aposentadoria que não está relacionada ao INSS (Instituto Nacional de Seguro Social). É a construção de uma renda extra para projetos a serem feitos no futuro, como um reforço para a aposentadoria obrigatória e oficial, mantida pelo órgão em questão. A aposentadoria privada é muito recomendada, pois contribui para aumentar o valor a ser recebido, visto que o INSS estabelece um teto.

Existem diversos planos de previdência privada, mas eles se diferem especialmente entre abertos e fechados. Os planos abertos são disponibilizados para qualquer pessoa que deseja incrementar sua renda durante a fase de aposentadoria, por bancos e seguradoras.

Os planos fechados, por sua vez, são oferecidos pelas entidades administradoras, como a Previsc, apenas a grupos específicos, como os colaboradores  e seus familiares do setor industrial ou tecnológico - como é o caso do plano Indústriaprev.

Leia para saber mais: Previdência complementar fechada: o que é?

Como funciona a aposentadoria privada?

A previdência privada funciona de acordo com o tipo de plano oferecido pelas instituições. Os mais comuns são o VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres) e o PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres). Outra importante modalidade de previdência privada são os planos patrocinados ou instituídos, ofertados por entidades fechadas de previdência complementar.

A principal diferença entre PGBL e VGBL está relacionada a questões tributárias. A escolha entre um ou outro plano deve seguir, especialmente, a análise dessa diferença para escolha da opção mais viável.  

Por fim, temos os planos patrocinados ou instituídos. Estas alternativas de planos são feitas de forma a tornar a contratação da previdência complementar mais atrativa para um determinado público-alvo. As vantagens se tornam possíveis graças ao uso do coletivo (números de associados). Assim, é possível alcançar maior eficiência e mais resultados do valor investido.

Como dar o primeiro passo

Dizem que o mais importante não é chegar até o objetivo, mas sim dar o primeiro passo. E falando de aposentadoria privada, esse primeiro passo é tão simples que nem vale a pena ser negligenciado. Muitas pessoas postergam o início desse investimento por procrastinação ou por não saber muito bem por onde começar. 

Veja este vídeo para entender por que começar a poupar a partir de agora é essencial para o seu futuro: https://www.youtube.com/watch?v=4nYJx2_NuR4 

Portanto, é muito importante não deixar o tempo correr e contratar logo um plano de previdência privada. Quanto mais cedo o plano for feito, maiores serão os valores a receber pelo investimento. Assim, no longo prazo, você estará mais tranquilo com a sua situação financeira. A PREVISC oferece diversas opções de planos - e uma delas pode ser a ideal para você. Atendemos empresas e colaboradores em diversos estados do Brasil. Saiba mais na nossa página de planos: https://web.previsc.com.br/planos/