PREVISC: Administradora de planos de previdência, fundada pelo Sistema FIESC
PREVISC: Administradora de planos de previdência, fundada pelo Sistema FIESC

Notícias

08/11/2021
Participantes do Previtê, foi dada a largada para o período de troca de perfil de investimentos!

Foi dada a largada para o período de troca de perfil de investimentos, que está disponível aos participantes do plano Previtê (antigo INDÚSTRIAPREV/+Família)! Essa possibilidade acontece duas vezes por ano: em junho e dezembro. Desta vez, quem quiser realizar a troca pode preencher o formulário até o dia 17/12.

Antes de tudo, o participante precisa analisar qual perfil se adapta aos seus planos. Assim como a compra de um carro tem como objetivo principal ter um meio de locomoção, investir em previdência complementar tem como intuito a construção de uma reserva financeira para o futuro. Existem também as necessidades secundárias. Quem tem uma família grande, por exemplo, tende a optar por um veículo mais espaçoso, como uma minivan. Da mesma forma, quem não gosta de correr riscos nos investimentos pode preferir investir em um perfil mais conservador. Como na escolha de um carro, cada perfil de investimentos tem seus prós e contras, dependendo dos objetivos e da tolerância ao risco.

Por isso, é importante primeiro identificar se o seu nível de tolerância aos riscos do mercado financeiro está em sintonia com os riscos oferecidos pelo perfil do plano. Conheça os três perfis de investimentos do Previtê:

CONSERVADORMODERADOARROJADO
É aconselhado para quem não quer correr grandes riscos de eventuais retornos negativos. Busca rentabilidade nos investimentos de baixo risco. Por isso, o portfólio se concentra majoritariamente em ativos de Renda Fixa.Indicado para investidores com moderada tolerância ao risco. Busca mais rentabilidade na diversificação dos investimentos. Investe em todas as estratégias adotadas na Entidade, porém com exposição moderada, tendo alguma alocação em Renda Variável.Indicado para aqueles que procuram maior rentabilidade, aceitando um maior risco. Investe em todas as estratégias adotadas Entidade, com uma proporção maior nos ativos com maior nível de risco e maior possibilidades de retorno, com alocação mais relevante em Renda Variável.

Conheça as estratégias adotadas pela PREVISC:

Renda Fixa - investimento, em grande parte, de menor risco, formado por títulos públicos ou privados, emitidos pelo governo, bancos e grandes empresas. Esse tipo de investimento é caracterizado geralmente quando o emissor capta recursos através de um título, com compromisso de pagamento do principal mais juros num determinado prazo fixado. No Brasil, o principal emissor de títulos de renda fixa é o Tesouro Nacional, por isso a sensação de segurança do recebimento. Porém, há empresas que emitem títulos de renda fixa para financiar suas operações e que eventualmente podem se tornar inadimplentes. Além dos próprios ativos, há os fundos e agentes que negociam esses títulos entre sí, visando melhor rentabilidade.

Renda Variável - são aqueles onde a remuneração, retorno de capital ou o prazo para pagamento do investimento não é passível de mensuração no momento da aplicação, tendo maior variação do seu preço positivamente ou negativamente conforme com as expectativas do mercado. Os mais comuns são ações, moedas e contratos de negociação futura de derivativos e commodities onde também atuam diversos agentes, como investidores, fundações e fundos de renda variável.

Investimentos Estruturados - Utiliza estratégias compostas e instrumentos não convencionais para maximizar o retorno e diminuir o risco, com uma mistura de diversas classes de investimentos. Por exemplo: Ativos de Renda Fixa, Renda Variável, Moedas, Opções e Contratos Futuros e outros.

Investimentos no Exterior – São investimento em ativos negociados no exterior, no intuito de diversificar o risco local na carteira dos perfis.

Investimentos Imobiliários – Aplicação dos recursos nos mais diversos tipos de fundos de investimentos imobiliários, divididos entre ativos de crédito imobiliário (papel) ou imóveis físicos (tijolo), podendo ser no desenvolvimento de empreendimentos ou em imóveis já prontos, como edifícios comerciais, shoppings, hospitais etc. Em geral, buscam obter renda com aluguéis ou desenvolvimento de projetos para venda futura.

SOBRE A ESCOLHA DO PERFIL

Confira abaixo o histórico de rentabilidade dos perfis do plano Previtê e um comparativo com outros investimentos. Importante ressaltar que a rentabilidade obtida no passado não garante a rentabilidade futura.

Para escolher o perfil ideal é interessante avaliar o horizonte de investimento e os riscos que você está disposto a assumir. Quanto mais distante da aposentadoria ou idade em que acessará os recursos do plano, mais risco poderá ser assumido, pois mais tempo haverá para se recuperar caso ele se concretize e o ganho adicional ao longo do tempo tende a ser recompensador. Confira um relato de um de nossos parceiros sobre decisão de investimentos:

COMO ALTERAR:

Para alterar o perfil de investimentos, o participante (ou seu responsável) deve clicar AQUI, preencher todas as informações solicitadas, transformar em PDF, imprimir, assinar e enviar para a PREVISC.

O participante pode digitalizar o documento e enviá-lo por e-mail AQUI ou enviar a via física para o endereço da PREVISC: Rod. Admar Gonzaga, nº 2765. 2° Andar - Bairro Itacorubi, Florianópolis/SC - 88034-001.

O documento deve chegar na PREVISC até o dia 17/12/2021. É importante lembrar que a troca de perfil não é obrigatória. Por isso, caso o participante não opte pela alteração, será mantido o perfil atual. Caso opte pela mudança, o novo perfil passa a valer a partir de janeiro de 2022.